Notícias
Buscar

Criminosos estão usando o nome da Cemig para enganar a população e extorquir dinheiro em diversas regiões mineiras. Para alertar seus mais de 8,6 milhões de clientes em todo o estado, a empresa informa que os clientes devem ficar atentos às formas de pagamentos e de cobrança feitas pela Cemig para evitar se tornar vítimas.

Por conta da pandemia de covid-19, estelionatários e pessoas de má-fé estão utilizando ainda mais a internet. De acordo com a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), de janeiro a agosto deste ano, foram registradas cerca de 35 mil ocorrências de golpes virtuais contra a população mineira.

​Em casos de tentativa de golpe, a Cemig orienta que seja registrado boletim de ocorrência para a segurança do cliente e para que a Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Investigação de Crime Cibernético, possa conduzir a devida investigação.


Atenção!

Durante as investigações, a Cemig também identificou que os criminosos praticam, principalmente, três tipos de golpes contra os clientes da companhia que não se restringem à internet.

O primeiro é por contato telefônico e, na maioria dos casos, aplicado contra estabelecimentos comerciais, como padarias, açougues e comerciantes em geral. Os estelionatários ligam para o cliente Cemig e dizem ser representantes da “4ª Vara Federal” ou da “Justiça Federal” e que a ligação é para cobrar um possível débito existente. Afirmam que, se a dívida não for paga em um prazo curto, a Cemig retirará imediatamente o medidor de energia do local. Após o contato, o cliente recebe um boleto bancário com dados falsificados, por e-mail ou WhatsApp, em nome de empresas ou pessoas físicas que não pertencem à “Cemig Distribuição”.

Geralmente, essa ligação é feita por meio de um telefone 0800, sendo três os números mais comuns utilizados pelos estelionatários: 0800-878-7751, 0800-591-3065 e 0800-878-9783. O esquema é conhecido como “Golpe de 4ª Vara Federal’.


Cuidados a serem tomados

Ao recebe uma cobrança via telefone, a Cemig recomenda que os clientes liguem imediatamente para o “Fale com a Cemig”, por meio do número 116, para verificação da autenticidade do contato. Além disso, a consulta de valores pendentes pode ser realizada por meio do WhatsApp (31-3506-1160), Telegram (@cemigbot), por SMS pelo número 29810 e, também, pelo App Cemig Atende e Agência Virtual.

Vereadores tomam posse e prefeito Gordo Dentista anuncia que vai assumir Secretaria Municipal de Saúde


Tomou posse na manhã de hoje o prefeito de Três Corações José Roberto de Paiva Gomes e o vice-preito Nadico Reinaldo Vilela. Eles foram empossados pela nova mesa diretora da Câmara da Municipal, também empossada e eleita na manhã de hoje.


Após três interrompimentos durante a solenidade de votação, os vereadores elegeram em uma disputa acirrada a nova mesa diretora. Mesa essa composta pelos três vereadores moradores do bairro Cotia: presidente Fabiano Bioco, vice-presidente Wesley Dardaque e secretário Du Cara Gorda.

Ao ser empossado o vereador e presidente Fabiano Bioco, destacou em seu discurso que vida negras importa e sente orgulhoso em ser o primeiro presidente negro da Câmara Municipal de Três Corações eleito nos últimos 16 anos.



A cerimônia que ocorreu cumprindo todos protocolos de segurança, foi rápida e transmitida pelo canal da Câmara Municipal no Youtube.


Ainda no dia de hoje, o prefeito José Roberto de Paiva Gomes, Gordo Dentista, em entrevista exclusiva à Radio Tropical, anunciou que inicia seu mandato aumentando as medidas preventivas em combate a Covid-19. Segundo o prefeito, ele colocará mais fiscais nas ruas e todos os estabelecimentos comerciais terão que a partir de novo decreto, indicar na porta do estabelecimento o número máximo de pessoas que tem capacidade de acomodar, seguindo as medidas preventivas da Covid. Ainda segundo o prefeito, isso será cobrado dos comerciantes e quem deixar de cumprir essa, assim como todas as outras medidas de prevenção a Covid, estará sujeito a interdição e multa.


O prefeito também anunciou que ele mesmo assumirá a Secretaria Municipal de Saúde e acompanhará de perto todos os trabalhos.

O ano de 2021 será um ano de muitos desafios para os tricordianos. A cidade encerra 2020 com saldo negativo na geração de empregos. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados pelo Ministério da Economia.

De cordo com os dados do Caged, a cidade gerou no mês de novembro um saldo positivo de 200 postos de trabalho. O município teve 470 admissões, contra 270 desligamentos. Em comparação com o mês outubro, o número representa crescimento, já que naquele mês Três Corações gerou apenas 445 admissões. No entanto mesmo com saldo positivo em novembro, a cidade encerra o ano de 2020, com acumulado de saldo negativo de -206 vagas.

E a cidade não está sozinha nesse cenário: Poços de Caldas e Itajubá, que também entram na lista das dez maiores cidades da região, encerram o ano com acumulado negativo.


Comércio lidera recuperação de empregos em Minas Gerais

E a recuperação gradativa que ocorreu em muitas cidades da região nos últimos meses, segundo Caged, é resposta da recuperação do comércio. O setor foi responsável no mês de novembro, pela principal contribuição para geração de 15 mil vagas de trabalho no estado.


Minas Gerais registrou pelo sexto mês consecutivo saldo positivo na geração de empregos. Após o impacto da chegada da pandemia de Covid-19 ao País, em março, o Estado vem apresentando superávit na criação de postos de trabalho desde junho. Em novembro, foram 155.251 admissões e 122.357 desligamentos, totalizando 32.894 vagas. Com o resultado, a geração no acumulado do ano também segue positiva desde outubro.