Notícias
Buscar

Existem muitas áreas da economia que foram atingidas pela pandemia da Covid-19. O ano de 2020 precisou ser repensado por muitos setores que tiveram que se reinventar. E apesar de aos poucos a sociedade ter se ajustado em uma nova realidade, nem todos conseguiram sair do vermelho ainda, ou retomar suas atividades normalmente, como é o caso daqueles que trabalham no setor de eventos/entretenimento. Muitos dos profissionais do setor ainda enfrentam dificuldades, já que o trabalho na noite complementava a renda fixa de muitas famílias mensalmente.


Em Três Corações, nesta semana, um grupo de trabalhadores do setor de eventos, entre eles, músicos, cantores, proprietários de Buffet entre outros, se reuniram com o prefeito Gordo Dentista, pedindo por uma flexibilização no que diz respeito às atividades econômicas e as ações de combate a Covid. O grupo pediu para que de alguma forma, a prefeitura conseguisse colaborar para que o setor puder funcionar ao menos em porcentagem reduzida.

Na manhã de hoje em entrevista à Rádio Tropical, o prefeito Gordo Dentista anunciou que publicará na próxima semana, um novo decreto com algumas flexibilizações para que determinados eventos ou música ao vivo em bares, possam ocorrer na cidade.

O prefeito afirmou que ouviu os representantes do setor, e muitos alegaram estar no vermelho, em situação difícil e delicada.

No entanto, ele destacou em sua fala que isso não significa que as medidas de prevenção a Covid serão relaxadas, segundo o prefeito, aumentará e colocará os fiscais de combate à pandemia, nas ruas e até mesmo na zona rural, para que seja fiscalizado todo e qualquer evento na cidade. Ainda segundo o prefeito, os eventos serão permitidos a partir do cumprimento das medidas sanitárias, como o álcool em gel em todas as mesas, o uso de máscara e o cumprimento do distanciamento obrigatório nos salões de festas.


Na ocasião, o prefeito ainda pediu que alguns proprietários de bares e restaurantes cumpram com as medidas sanitárias de combate a pandemia, pois os fiscais estarão nas ruas a partir de quarta-feira. O prefeito ainda afirmou que cerca de 70 fiscais estarão distribuídos em toda cidade, bem como na zona rural aos finais de semana.

O novo decreto deve ser publicado na próxima semana.

Mais escolas aplicarão o exame na cidade...


Em todo Brasil o Exame Nacional do Ensino Médio, adiado no ano passado por pelo menos três vezes, deve acontecer no dia 17 e 24 de janeiro (versão impressa).

No início desta semana, o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) aprovou uma posição conjunta para defender que o Enem, seja adiado em razão das condições da pandemia no Brasil. O pedido foi dirigido ao Ministro da Educação, Milton Ribeiro. No entanto, na tarde de ontem, a Justiça Federal em São Paulo negou o pedido de adiamento das provas. Com isso, estão mantidas as datas de realização da prova.

Medidas tomadas em Três Corações

Em Três Corações serão aproximadamente 2.334 estudantes que farão o exame. Segundo informações, houve uma redução no número de alunos e a perspectiva é de um grande número de ausentes este ano.

A expectativa é que as provas ocorram nas seguintes escolas: Luiza Gomes, Américo Dias Pereira, Polivalente e Unincor. O aumento de escolas que aplicarão o exame, é porque cada sala deverá ter cerca de 20 alunos por sala, para que seja cumprido o distanciamento social. Ainda de acordo com as diretrizes do MEC, todos os estudantes deverão realizar a prova de máscara, além do uso do álcool em gel.

Na tarde de ontem, a Polícia Militar realizava um patrulhamento preventivo em Cambuquira, quando se deparou com dois indivíduos em atitudes suspeitas. Ao abordar os homens, a polícia encontrou quatro buchas de maconha e a quantia de R$574,00 em dinheiro. Os homens foram presos e entregues à disposição da Justiça Criminal, juntamente ao material apreendido.